Ciclo de concertos comentados: “Escalas do Tempo”

O “Tempo”, tema universal, tema fascinante e amplíssimo, tema científico e artístico. A lista dos seus significados é interminável, desde a medição/escalas do tempo às variadíssimas palavras relacionadas com o passar do tempo. A noção do tempo e da sua medição invade múltiplas áreas em múltiplas formas: física, biologia, sociologia, economia, matemática, história, literatura, música… Para a comemoração dos 25 anos do MCTES, propõe-se um ciclo de concertos comentados sobre o Tempo, um cruzamento entre as Ciências e a Música, com o intuito de estabelecer simbioses criativas e de estimular a capacidade de reflexão e de espírito crítico, tendo em vista o enriquecimento científico e cultural de públicos cada vez mais vastos e heterogéneos, com especial atenção ao público escolar.
Serão três os concertos comissariados por Filipe Pinto-Ribeiro, DSCH, que irão acontecer nas seguintes datas:

Trilogia do Tempo

Lisboa, 10 de novembro, Dia Mundial da Ciência ao Serviço da Paz e do Desenvolvimento

O Fim do Tempo?

pelo DSCH – Schostakovich Ensemble

Coimbra, 20 de novembro, Dia Mundial da Ciência ao Serviço da Paz e do Desenvolvimento

Quatro Estações

por Jack Liebeck (violino) e Orquestra do Festival e Academia Verão Clássico

Porto, 24 de novembro, Dia Nacional da Cultura Científica